Desenvolvido por Ricardo Ventura
ricardo.ventura777@hotmail.com
Médico mostra efeito curativo
da música
O médico e músico curitibano Augusto Weber apresenta a música brasileira ao som de sitar - instrumento milenar indiano - no Zabsar Ásia.

Ele se apresenta em palestras para explicar as propriedades curativas e preventivas da música, apontando como é capaz de influenciar no estado comportamental e psicológico do corpo.
“A nossa cultura, a nossa música, tem muito do oriental. Pedro Álvares Cabral, quando veio para o Brasil, pensava estar no caminho das Índias”, diz o doutor. As canções serão tocadas com sitar pelo próprio médico.

Weber tem um grupo: Wahari, que na língua yanomami significa “vento brando da noite e o vento entrando pelas frestas das ocas”. Não se trata de uma banda com integrantes fixos: “Eu mantenho o grupo, mas tenho parceiros a cada novo trabalho que fazemos. Temos no máximo cinco integrantes com um propósito diferente de composição de música”, explica
O trabalho de músico veio antes do médico: “Eu sabia que só a música não iria me completar, assim como a medicina sozinha não me completaria”, avalia.

Segundo Weber, na maioria das culturas e povos, a música é tratada como elemento medicinal, “e porque nós não?”, questiona. Foi com base nisso que ele procurou aprofundamento científico e, nesse trabalho, já publicou um livro e gravou dois CDs com músicas instrumentais que complementam seu trabalho clínico.

Além das palestras por todo o Brasil, o atendimento do médico também é realizado com música. O uso de ondas sonoras nos pontos de acupuntura promove um efeito de sedação e relaxamento.

Solange Christtine Ventura
www.curaeascensao.com.br