Desenvolvido por Ricardo Ventura
ricardo.ventura777@hotmail.com
TRANSGÊNICOS? NÃO, OBRIGADO!
1. Você sabe o que são transgênicos? E produtos transgênicos?
R. Os transgênicos são espécies animais e vegetais geneticamente modificados por cientistas em seus laboratórios. Os produtos transgênicos são produtos industriais que possuem, em sua composição, organismos geneticamente modificados.

2. Você sabe dos riscos que eles podem trazer à sua saúde?
R. Consumindo produtos transgênicos, você pode ter seu sistema imunológico alterado. Isso pode provocar alergia alimentar, redução do efeito de antibióticos e aumento do nível de substâncias tóxicas que prejudicam a saúde, inclusive com efeitos cancerígenos.

3. Você sabe dos riscos que os transgênicos trazem ao meio ambiente?
R. Os transgênicos provocam o aparecimento de superpragas, afetam a vida microbiana no solo, matam insetos úteis à natureza e provocam a perda da diversidade genética.

4. Sabia que os impactos dos transgênicos na natureza são irreversíveis?
R. Os transgênicos, uma vez liberados na natureza, vão se misturar com as outras espécies vegetais, tornando-se impossível retirar da natureza os genes que foram introduzidas numa planta. As conseqüências são imprevisíveis...

5. Você sabia que os transgênicos podem estar bem próximos de você?
R. Os transgênicos podem ser encontrados nas prateleiras dos supermercados. Veja as empresas que utilizam transgênicos:
A Greenpeace acaba de publicar uma lista atualizada de produtos com ou sem transgênicos.
www.greenpeace.org.br

6. Se você não é favorável à livre comercialização dos transgênicos e de seus derivados, saiba como combatê-los:

Consuma produtos orgânicos. Estes produtos, além de serem saudáveis e nutritivos, não degradam o meio ambiente, pois são produzidos sem agrotóxicos e adubos químicos.

Evite comprar produtos importados dos Estados Unidos, Argentina e Canadá que contenham derivados de soja, milho, canola e tomate.
Fonte:
Rede de Agroecologia
no Maranhão -
RAMA
Para saber mais veja
http://greenpeace.terra.com.br/transgenicos
www.greenpeace.org.br
www.jbmoura.hpg.ig.com.br (Joaquim Moura)
www.uol.com.br/idec
  
As companhias de seguro não asseguram colheitas transgênicas

As maiores seguradoras do mundo estão se recusando a assegurar os agricultores, que pretendem plantar safras transgênicas, contra processos. As seguradoras estão até recusando assegurar agricultores, que estão plantando safras não transgênicas, contra perdas pela contaminação por pólen transgênicos. As companhias seguradoras explicam que estão preocupadas que "os transgênicos acabem se tornando semelhantes à talidomida e ao asbesto". Somente após algum tempo, a extensão total dos problemas com talidomida e asbestos apareceram.
(Robert Uhlig. Daily Telegrafh 08.10.03)

Aquilo que fazendeiros no Canadá e nos EUA sabem, e os cientistas não sabem, sobre as safras de transgênicos

Percy Schmeiser
•  Os porcos nos EUA não estão se reproduzindo devidamente, quando alimentados com soja e milho transgênicos.
•  Os fazendeiros em Wisconsin, Minnesota e Vermont descobriram que as vacas estão produzindo menos leite, quando alimentadas com grãos e feno transgênicos. Por isso, eles estão procurando alimentos não-transgênicos.

•  Eles estão perguntando: "De que forma isso vai afetar as mães que se alimentam com trangênicos e amamentam seus bebês?"

•  Os fazendeiros armazenam grãos transgênicos e não-transgênicos em grandes caixas separadas. As caixas de não-transgênicos estão cheias de ratos, enquanto que as caixas de transgênicos estão intactas.
(Os fazendeiros na Holanda descobriram o mesmo e um jovem estudante holandês fez uma experiência para provar, que ratos definitivamente preferem não-transgênicos)
(Science in Society 2002, 13/14
www.i-sis.org.uk).

•  Os gansos não comem canola transgênica e evitam plantações transgênicas, preferindo plantações não transgênicas.